Thursday, August 13, 2009

Solteirismo: Apenas um Estado.

Foi-me dado um tema muito capcioso.
Mostrar como nós mulheres, donas da impaciência, podemos encarar o solteirismo de forma saudável.

A boa notícia é, solteirismo é sim um estado. É uma escolha, e pode ser mudada. Estamos esperando "o alguém" e não "um alguém".

Acho que posso falar sobre o assunto, pois sou solteira desde que me conheço por gente, e não é fácil.
Ás vezes bate um desespero tão grande, que você aceita o primeiro que te chama de LINDA e te dá uma atenção especial, só pra sair desse estado.
Não acho errado cansar de ser solteira, mas não acho certo termos que baixar o nosso padrão pra deixarmos de ser.
Ás vezes conversando com as amigas, desabafando, num estado de carência, sempre tem uma ou outra que diz "você é muito exigente", eu mesma já disse essa frase.
E agora eu pergunto: "Qual é o problema de ser exigente?". Nenhum. Temos que ser. Uma coisa é ser solteira, outra desesperada.
Uma vez minha irmã disse uma coisa que eu concordo muito, temos que procurar alguém que admiramos. Temos que ter um padrão. Saber exatamente o que procuramos, e não aceitar menos que isso.

Como já disse, não é fácil e requer muita paciência e FÉ, coisa que nem sempre temos muito.
Uma vez meu pai disse para minha irmã e eu, que há grandes chances de ficarmos solteiras, pois somos independentes, fazemos faculdade e etc.
Fiquei pensando, qual é o problema com a nossa independência? Nenhum, o problema não está em nós. Está nos homens que não conseguem aceitar a evolução da mulher. Eles que se tratem e livrem-se do preconceito e aceitem as mulheres do século XXI.
Enquanto eles evoluem pra nos alcançar, continuaremos a investir em nós, na nossa independência, nos nossos estudos e no nosso lugar na sociedade.
Não sou a favor de que a mulher seja completamente independente do homem, não mesmo. Não é bom que fiquemos sós, mas merecemos companheiros que estejam nos nossos padrões. Ou seja, não temos que baixar o nosso padrão, e sim eles que devem se elevar ao nosso.
Então meninas, invistam em vocês, saiam por aí (não ficando com qualquer mané que aparecer), mostrem para o que vieram, sejam vocês mesmas e OREM muito para a transformação da mente desses meninos, que eles se elevem aos nossos padrões e nos aceitem do jeito que somos.
Paciência, nosso dia chegará.

Rachel Ramos


"O mundo é das mulheres. Mas das mulheres espertas! Dessas que transformam crianças em homens e homens em crianças, mesmo sem querer.
Alessandro Igor"

(Se você quiser participar, enviar sugestões para os próximos posts ou precisa de ajuda e conselhos entre em contato com
evavcmepaga@gmail.com)

13 comments:

  1. This comment has been removed by a blog administrator.

    ReplyDelete
  2. . To passada!
    Fala mesmo Jeová
    To sendo impactada pelo Blog!!!

    ReplyDelete
  3. Meu Senhor Jesus, esse blog tá demais. Tô orgulhosa de vcs meninas.

    ReplyDelete
  4. Meodeos... e ameeeii isso que a Rach escrever.. eh a mais pura verdade girlz... se todas as mulheres soubessem disso não haveria tanta gente mal casada com qq mané!!! é minha gente o mundo mudou.. e agora são os homens que tem que evoluir!! Love love Myrna

    ReplyDelete
  5. Meninas, vocês estão arrasando com os posts, esse da Rach impactou MESMO! Chega de auto-piedade e achar que o problema da solteirice é só nosso. É desses manés que pensam que a gente tem que querer o mínimo. Gente, merecemos nada menos que o MELHOR! Saudade, minhas tops. Beijos da Juh.

    ReplyDelete
  6. Comentário não haver com o post, mas sobre o blog. Meninas, só mudem a cor do fundo e a fonte. Como tem bastante texto após ler por um tempo essas cores tentem a não fazer bem pra vista. (não tenho problemas de visão, mas pra quem sofre de algum incomoda e as letras embaralham)
    =]

    Só sei q gostei das coisas daqui. Parabéns Rach.

    ReplyDelete
  7. "Temos que ter um padrão. Saber exatamente o que procuramos, e não aceitar menos que isso." ...Concordo plenamente, e acredito que essa certeza e segurança (e padrões elevados) vem de se amar, saber o valor que nós temos em Deus, olharmos mais para o preço que foi pago por nós... É isso, amei tudo aqui!
    Bjo

    ReplyDelete
  8. Muito bom o seu texto, Rach!
    Também quero escrever! ;)
    Bjos, Paty.

    ReplyDelete
  9. Chel minha amiga.. adorei o texto. Tudo isso que vc falou é a mais pura verdade.
    O blog tá demais!

    Beijoss
    Lali

    ReplyDelete
  10. quero escrever tambem! - quando eu tomar vergonha e postar no meu blog, eu posto aqui :)

    amei!
    beijos
    carol

    ReplyDelete
  11. cuidado...
    acho que no fundo nós homens procuramos uma mulher que precise da gente..
    #indigando

    ReplyDelete
  12. Pacitti, quem disse pra você que nós não precisamos dos homens!? O texto não diz isso!
    Nós precisamos sim! Aliás, gostamos de ser cuidadas e de homens que cuidem da gente!
    Ser independente financeiramente, por exemplo, não significa que não precisamos mais de você (sexualmente ainda precisamos!! hahahauha.. zueira) Precisamos de vocês sempre, em diversas áreas de nossas vidas!
    Acho que você não soube interpretar muito bem oq a Rachel quis dizer!
    Bjo,
    Paty

    ReplyDelete
  13. "...que eles se elevem aos nossos padrões e nos aceitem do jeito que somos."

    Não há uma contradição nessa frase? Quer dizer, os homens tem que aceitar vocês como são, mas vocês não os aceitam como eles são, afinal, eles tem que "se elevar aos seus padrões".

    Tá injusto isso! Ninguém é perfeito e acho que, se queremos mesmo um companheiro(a), devemos fazer concessões, ou seja, homens e mulheres precisam aceitar uns aos outros como são.

    ReplyDelete